Loja online da Nikon será encerrada no Brasil

Saiba o que muda com o fim da venda dos equipamentos da empresa aqui

Publicado em 14/11/2017
Criança abre os braços em frente ao Cristo Redentor em campanha da Nikon no Brasil

A Nikon vai encerrar a venda de equipamentos, câmeras, lentes e acessórios fotográficos no Brasil. Segundo um anúncio feito pela empresa, a loja online da Nikon será encerrada no Brasil no dia 31 de dezembro de 2017.

De acordo com a nota, a companhia está passando por uma reestruturação nos setores de pesquisa e desenvolvimento, vendas e fabricação em escala global.

Se você tem uma câmera da Nikon ou planeja comprar um eletrônico da marca a partir de 2018, entenda o que muda com a medida:

Como fica a garantia?

Para quem tem uma câmera da empresa recém-adquirida, a garantia vigente continuará valendo normalmente, seja para produtos comprados no varejo ou para os adquiridos no e-commerce da Nikon.   

Como fica a assistência técnica?

A empresa encerrará apenas o setor de vendas no Brasil, dessa forma os mesmos canais de assistência técnica continuarão em operação. Consulte os endereços na página oficial da empresa. 

Então, o que vale é a regra atual: produtos com defeito de fabricação que estiverem na garantia serão substituídos. Já os dispositivos fora da garantia ou danificados serão consertados nas autorizadas com cobrança. 

Como comprar câmeras da Nikon a partir de 2018?

O mais provável é que as câmeras, lentes e acessórios continuem sendo encontrados no país em 2018, mas somente por meio de revendedoras ou importação. Especula-se que, em consequências disso, os  preço dos produtos podem aumentar.

A Nikon Store já costuma vender seus artigos por valores mais altos no e-commerce nacional. A D5600, por exemplo, custa R$ 3.790 na loja própria, mas no varejo o mesmo modelo pode ser encontrado por até R$ 500 a menos.  

Foto: Divulgação