5 dicas simples de como fotografar comida

Entre as sugestões da Nikon estão a preservação da luz natural e cuidados com a composição

Publicado em 17/11/2016

Como em todos os gêneros da fotografia - do documental ao artístico - existem técnicas que fazem toda a diferença no resultado final do trabalho. Por isso, se você quer começar a mergulhar nas fotografias de comida ou apenas compartilhar o que você tem experimentado por aí, o site oficial da Nikon Brasil separou 5 dicas simples para você começar a clicar agora. Confira:

Iluminação natural

Aproveite a iluminação que vem da janela, pois é grande e quando difusa pode se encapsular ao redor do prato muito bem. Quando aparecem de forma agressiva, incorpora sombras em sua composição. Se tiver uma claraboia, vai proporcionar uma fonte de luz difusa ideal.

Cuidados com a composição

Não adianta ter um equipamento incrível, se você não presta atenção à composição dos elementos. Imagina que a comida é a estrela da imagem, por isso não exagere em toalhas e outros utensílios. Dica técnica: use uma lente rápida que permitirá alcançar mais profundidade de campo e o fundo fora de foco. Não esqueça de girar o prato e buscar o seu melhor ângulo.

Simplifique

Nem sempre você terá o ambiente perfeito e tranquilo para fazer uma sessão de fotos. Geralmente, os cliquem acontecem em a rotina do restaurante. Assim, fique atento a tudo: seja educado com os garçons e colegas clientes; atenha-se à luz disponível e aumente o ISO – se for necessário - e fotografe em aberturas maiores.

Fotografe novamente!

Após ter olhado o resultado no computador, ainda achou que o trabalho podia ficar melhor, não hesite em voltar e fotografar os pratos novamente.

Experimente

Se você tem a possibilidade de fotografar pratos na sua cozinha ou em estúdio, comece a experimentar. Use uma coleção diferente de pratos e copos; faça teste com a luz e mude o balanço de branco para alterar o clima da imagem.

Foto: Divulgação