Análise: Canon EOS Rebel T6i

Com boa resolução e sensor competente, esse modelo supera sua antecessora e se mostra muito competente

Publicado em 07/10/2016

A Canon, referência no mercado fotográfico, recentemente lançou o modelo EOS Rebel T6i, mais uma DSLR para integrar a sua linha de sucesso e atualizar sua antecessora T5i. Várias características básicas ainda permanecem nesse novo aparelho, além do design também sem grandes mudanças.

Agora com um sensor de 24 megapixels, a profundidade das cores e a qualidade de imagem se tornaram muito superiores. Sua tela LCD é articulável e sensível ao toque, o que permite o ajuste de várias configurações diretamente no painel, além do reconhecimento de gestos para zoom e navegação. Esses recursos facilitam a vida do fotógrafo na hora realizar os registros.

Outra novidade é a versão atualizada do sistema de Análise de Cena, que detecta luz infravermelha, fontes de luz irregulares e ainda verifica o ambiente como um todo, para que o fotógrafo alcance os melhores ajustes para cada uma das situações de captura. Ou seja, ela garante que tudo estará favorável e deixará os registros perfeitos. Através das tecnologias Wi-Fi e NFC, o usuário também pode transferir essas imagens com muito facilidade.

Para oferecer rapidez e agilidade, foi inserido o sensor CMOS Híbrido de terceira geração, que já vem integrado com o sistema de foco automático. Dessa forma, a máquina é capaz de mudar o foco rapidamente, com baixa emissão de ruído sonoro e precisão na hora de fotografar. O processador de imagem DIGIC 6 também é responsável pela velocidade apresentada por ela.

O sistema de ISO foi outra preocupação da Canon com esse modelo. Sua extensa faixa vai de ISO 100 a ISO 12.800, e ainda pode ser expansível até 25.600. Com tamanha flexibilidade, é possível capturar imagens em diversos ambientes e com diferentes condições de luminosidade. Os vídeos são gravados com resolução Full HD (1920x1080 pixels) a uma taxa de até 30 quadros por segundo em formato MP4, bem próximo a outras câmeras similares.

Um produto de qualidade aparente, elaborado para facilitar a rotina dos fotógrafos. Com boa resolução e sensor competente, ela é indicada para amadores e estudantes de fotografia, já os profissionais, podem até utilizá-la como uma segunda ou terceira câmera, pois existem outras da mesma marca que se encaixam melhor para este perfil.

Abaixo, separamos as opiniões de dois sites especializados sobre a EOS Rebel T6i, destacando seus pontos positivos e negativos.  

TecMundo

Positivos: Sensor de 24 megapixels, ISO, processador de imagem DIGIC 6.

Negativos: Capacidades para gravação de vídeo e baixa autonomia da bateria (é possível capturar no máximo 400 fotos ou cerca de 1 hora de vídeo).

Papo de Fotógrafo

Positivos: Sensor de 24 megapixels, desempenho em ISO alto.

Negativos: Sem novidades para vídeos, retirada do sensor da ocular que desligava o LCD ao aproximar o rosto.

Foto: Divulgação